Estando na Nova Zelândia, provavelmente o país com a maior quantidade de esportes radicais do planeta, não poderíamos deixar de provar algum deles. Escolhemos fazer rafting em Rotorua, no rio Okere (Kaituna) e nos divertimos muito!

A idéia foi do Thiago e eu que sou meio medrosa acabei topando, afinal a idade mínima era 13 anos haha Confesso que me deu um friozinho na barriga quando a instrutora nos contou o que fazer se o bote virasse durante a queda na cachoeira, algo que parece ser comum (mas em que todo mundo sai vivo haha, afinal não é necessário saber nadar para se aventurar nisso, o colete salva vidas tem que dar conta do recado).

A parte mais emocionante foi quando descemos uma cachoeira de 7 metros de altura e chegamos a ficar completamente submersos na água (da pra ver bem pelas fotos). Os instrutores nos disseram que essa é a cachoeira mais alta para rafting no mundo!

Essa foi nossa primeira experiência com rafting, mas com certeza não será a última 🙂 Aí vai uma seleção das fotos que tiraram do nosso grupo…

Primeira queda! Uma pequena mostra do que estaria por vir.

IMG_0027

Outra cachoeira!

IMG_0029

Era disso que eu falava… 7 metros!! Medooooo

IMG_0088

Muita água, afundamos bem mas o bote não virou!

Uma pose para a foto…

IMG_0120

Não ria dos seus companheiros quando eles engolem água!

IMG_0180

IMG_0210

Rafting acabado… o que é bom dura pouco 😦 (o Thiago relutou em colocar essa foto, mas eu até que gostei do modelito haha).

DSC_3229